O Lugar às Ideias, por Tomás Patrocínio ( janeiro 2020)

COMBATE AO PLÁGIO : UMA PREOCUPAÇÃO EDUCATIVA

A publicação de conteúdos por parte das instituições e das pessoas comuns, em particular, coloca problemas éticos e jurídicos bastante relevantes.
E o que se passa no quotidiano das nossas escolas? O respeito pela autoria de um texto, de uma poesia, de uma fotografia, de uma escultura, …é/tem de ser uma preocupação educativa com caráter de urgência. Na verdade é uma preocupação que tem de começar em tenra idade, no ensino básico, sempre que os alunos fazem um relatório, um trabalho e também quando o professor apresenta textos ou imagens na sala de aula ou em outro contexto escolar ou educativo. De resto é também importante que os alunos se habituem a assinar os seus trabalhos.
Sabe-se que o plágio sempre existiu, mas no contexto do mundo digital, fica extremamente facilitado e ganha visibilidade pela possibilidade da ação “corte e cola” de textos de documento para documento, bem como da inclusão de quaisquer objetos hipermédia (música, vídeos, fotografias, pinturas, etc.) em qualquer tipo de trabalho. Os programas de deteção de plágio têm-se multiplicado ajudando bastante ao combate a este fenómeno. Têm sido tornados públicos plágios em muitos domínios, alguns conduzindo mesmo à anulação de mestrados e de doutoramentos.
A questão da autoria exige uma preocupação educativa para o rigor ético e para a honestidade intelectual desde muito cedo e em permanência. Apela a que toda e qualquer citação seja devidamente referenciada, que as fotos e as músicas sejam identificadas, prática que é essencial promover, dentro e fora da escola, não apenas nos trabalhos de investigação, sobretudo nos trabalhos de divulgação, em relatórios, em trabalhos de qualquer disciplina ou especialidade, em trabalhos das áreas de projeto que se realizam diariamente.
Vamos cultivar, todos os dias, o valor da autoria como uma dimensão ética essencial da sociedade tecnológica digital globalizada, como um tema de cidadania e desenvolvimento numa perspetiva ontológica.