Nós e Os Outros

  • Fundação Aga Khan

"A Fundação Aga Khan (AKF) Portugal foi fundada há 35 anos para promover a coesão social em comunidades moldadas pela migração. Atualmente, a AKF Portugal é talvez a única instituição no país que aborda os desafios do desenvolvimento em todo o ciclo de vida humano, desde o desenvolvimento na primeira infância até ao bem-estar dos seniores. O objetivo passa por melhorar a qualidade de vida, através do fortalecimento da inclusão social, cultural e económica com o intuito de promover uma sociedade pluralista com uma ética cosmopolita em que todos saiam beneficiados." (in akdn.org). A Fundação Aga Khan apoia o Programa Cultural de Agrupamento no desenvolvimento das suas atividades e pode ficar a conhecer mais sobre a mesma em www.akdn.org.

  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Associação Cultural "Dança em Diálogos" - RADIO[GRAFIAS] IGUAIS
  • Teatro LU.CA
  • Teatro Nacional Dona Maria II

PARCERIA ENTRE O MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA E O AGRUPAMENTO

A parceria entre o Museu Nacional de Arqueologia (MNA) e o Agrupamento Vertical de Almeida Garrett (AVAG) insere-se no eixo orientador do Programa Cultural – Articulação dos estabelecimentos de ensino e as Instituições Culturais. Traduz-se em dinâmicas de trabalho sistemático e intencional, com vista ao aprofundamento das relações do binómio escola-museu, constituindo-se também como um ponto de partida para o cruzamento entre várias áreas do saber.

Durante este ano letivo, já contámos com a vinda à escola de dois elementos do MNA. Em conversa com as turmas do 5.º ano, no tempo dedicado ao Complemento de Educação Artística (CEA), falaram dos "Objetos e dos seus trajetos: Do Paleolítico aos nossos dias", temática que tem tido continuidade em diferentes cruzamentos disciplinares, cujos trabalhos serão expostos na escola brevemente e  no final do ano letivo, no Museu. Está já agendada para janeiro uma visita de todos os alunos do 5.º ano ao MNA, para verem in loco os originais das peças trazidas à escola na "Maleta Pedagógica" pelo Mário Antas e pela Maria José Albuquerque. Falta-nos apenas convidar os pais, que de certeza nos quererão acompanhar numa tarde de fim de semana.

 

 

O projeto RADIO[GRAFIASIGUAIS é uma parceria entre a Associação Cultural Dança em Diálogos e o Agrupamento Vertical de Almeida Garrett. Resulta do apoio do Programa PARTIS & Art for Change da Fundação Calouste Gulbenkian e a Fundação "La Caixa". 

Integra-se no Programa Cultural do Agrupamento, iniciado em 2018. O projeto será desenvolvido na EB1/JI do Alto do Moinho, embora as outras duas escolas estejam envolvidas em iniciativas idênticas, destacando as Residências Artísticas nas áreas de Dança, Música, Teatro e Artes Visuais. 
Sublinha a «igualdade do indivíduo na sua diferença cultural», centrando-se, sobretudo, no desenvolvimento do trabalho artístico que incluiu as crianças e as famílias de etnia cigana e os demais grupos sociais presentes no Agrupamento, cujo lema é a «Inclusão sem guetização».   
Tem um enfoque multidisciplinar, sendo a dança a área estruturante, da qual emergem a Matéria (corpo) e os MO(VI)MENTOS que se geram a partir dele. Estes dois conceitos (corpo e movimento) serão transversalmente trabalhados nas áreas do Teatro, do Documentário e das Artes Plásticas, salientando-se a confluência entre os saberes presentes nas várias áreas. Pretende-se que as práticas artísticas do projeto espelhem o encontro das crianças com três experiências basilares no processo de desenvolvimento artístico: a experiência criativa (criação de trabalhos/obras), a experiência interpretativa (exposição de trabalhos/obras) e a experiência espetadora (observação de trabalhos/obras). 
Com estas práticas artísticas sublinha-se a importância de todas as crianças experienciarem os conhecimentos artísticos, normalmente não aprendidos na escola, o que as coloca a TODAS em igualdade de circunstâncias.  
O projeto assume ainda o pressuposto de «unir territórios», «deslocalizando» as crianças e famílias para lugares que ainda não conhecem ou vivenciaram, levando-as a observar outras realidades, encaminhando-as, no futuro, para a consciencialização do «poder» pelo saber.

Em termos práticos, serão desenvolvidas sessões de Dança, Teatro, Documentário, Artes Visuais, na escola; atividades com as famílias em diferentes contextos: bairro, instituições culturais, entre outos espaços; apresentação dos processos de trabalhos das crianças e das famílias em vários formatos: espetáculos, conferências, debates, entre outros. 

 São entidades parceiras desta iniciativa: 

  • Santa Casa da Misericórdia da Amadora; 
  • Associação de Pais do Alto do Moinho e da Escola Básica 2,3 de Almeida Garrett;  
  • Escola Superior de Educação de Lisboa; 
  • Cinemateca Portuguesa. 

 Conta ainda com uma Comissão Científica constituída por:  

  • Álvaro Laborinho Lúcio – Juiz Jubilado do Supremo Tribunal de Justiça- Especialista em Direitos da Criança e Cultura; 
  • Alexandra Marques – Diretora de Educação da Fundação Aga Khan - Especialista em Educação e Desenvolvimento; 
  • Manuel Vilas Boas – Especialista em Património Cultural / Jornalista TSF;
  • Miguel Falcão - Professor de Teatro na Escola Superior de Educação de Lisboa – Especialista em Teatro e Educação. 

Deixamos a ligação da Associação Dança em Diálogos, que pode ficar a conhecer em https://ddialogos.com/

A parceria com o Teatro LU.CA iniciou-se em 2020. Pode saber mais sobre o Teatro Luís de Camões na página oficial em https://lucateatroluisdecamoes.pt

A parceria com o Teatro Nacional Dona Maria II iniciou-se em 2018. Pode saber mais sobre o Teatro Nacional Dona Maria II em https://www.tndm.pt/pt/

  • IndieLisboa - IndieJúnior
  • Museu Berardo (Serviço Educativo)
  • Santa Casa da Misericórdia da Amadora

"O IndieJúnior é uma secção do IndieLisboa (Festival Internacional de Cinema) dedicada aos mais novos e que visa contribuir para a formação estético-cultural das crianças e jovens através de uma experiência artística e lúdica. É constituída essencialmente por sessões de cinema que incluem filmes de todo o mundo, em registos como a animação, documentário e ficção, e que possui duas vertentes principais: o IndieJúnior Famílias e o IndieJúnior Escolas. A programação das sessões é feita criteriosamente tendo em conta a idade das crianças às quais se destina." (in https://indielisboa.com/festival-indiejunior/sobre-a-seccao/)

A turma do 9ºA do Agrupamento Vertical de Almeida Garrett, no âmbito do Programa Cultural de Agrupamento, desenvolveu uma sessão de cinema para o festival, em "Eu Programo Um Festival de Cinema", em 2021.

Saiba mais sobre o IndieJúnior em https://indielisboa.com/festival-indiejunior/

A parceria com o Museu Berardo iniciou-se em 2019. Pode saber mais sobre o Teatro Luís de Camões na página oficial em https://pt.museuberardo.pt/educacao/atividades

A parceria com a Santa Casa da Misericórdia da Amadora dura já há vários anos. Pode visitar a página da instituição em https://www.misericordia-amadora.pt